Pular para o conteúdo principal

Rolls-Royce no Brasil


Rolls-Royce chega ao Brasil com carro de R$ 2,3 milhões

A Rolls-Royce abriu nesta quinta-feira (18), em São Paulo, sua primeira loja oficial na América Latina. Ainda na fase de "testar" a receptividade do mercado brasileiro, a marca inglesa tem apenas à pronta-entrega o Ghost, por R$ 2,3 milhões. O Phantom, o outro carro da fabricante de Goodwood (mais caro e equipado), chega até o final do ano – mas é possível encomendá-lo, garante Milton Chameh, gerente Comercial da Rolls-Royce no Brasil.

Quarto automóvel mais caro oficialmente à venda no Brasil, atrás somente do Lamborghini Aventador (R$ 2,9 milhões) e das Ferraris FF (R$ 2,8 milhões) e 599 GTB Fiorano (R$ 2,5 milhões); o Ghost já tem dois compradores – a partir do ano que vem a empresa espera comercializar entre 8 e 12 unidades do modelo. "É o máximo que nosso mercado consegue absorver", explica Jaroslav Sussland, diretor de Relações Internacionais da Rolls-Royce.

O Rolls-Royce Ghost é equipado com um motor 6.6 litros V12 biturbo, de 570 cavalos e 79,5 kgfm de torque, acoplado a um câmbio automático de oito marchas.

Customização


Os R$ 2,3 milhões pedidos por cada uma das duas unidades do Ghost, no entanto, podem ser apenas o começo. Segundo a marca, são mais de 40 mil possibilidades de customização dentro do programa Bespoke – cores, revestimentos, opcionais, adornos, frisos e kits improváveis para o Brasil, como equipamento para piquenique e porta-joias –, o que garante que nenhum modelo será exatamente igual ao outro.

"Nesse momento, não é possível estabelecer uma tabela de preços, pois a definição se faz unicamente sobre cada carro já fabricado e montado que chegará ao país", avisa Chameh, que estima que apenas 20% dos clientes optará por algum tipo de customização – aí, o prazo de entrega de uma semana se estende para quatro o seis meses, já que nenhuma personalização pode ser feita no Brasil.

"Cada cliente é tratado individualmente. Um deles, anos atrás, pediu que a Spirit of Ecstasy (estatueta símbolo da marca, cravada na parte frontal do capô) fosse translúcida e iluminada por dentro. Um ano depois, ele recebeu seu veículo. A partir daí, incorporamos essa ideia como um dos itens de personalização", contou o executivo.

A Rolls-Royce conta com a representação do Grupo Via Italia, responsável pelas vendas das marcas Ferrari, Lamborghini e Maserati no país. A loja, de 550 m², fica no número 691 da avenida Cidade Jardim, a cinco minutos da avenida Europa, a meca de carros de alto luxo – mas estrategicamente bem afastada das demais marcas, o que faz parecer que a Rolls-Royce, de fato, não tem concorrentes.




Postagens mais visitadas deste blog

Brinquedos pedagógicos reciclados para maternal e berçário

Link direto:
http://www.pragentemiuda.org/2015/07/brinquedos-pedagogicos-reciclados-para-bercario.html
Brinquedos pedagógicos reciclados para berçárioVou postar mais algumas dicas para trabalhar com reciclagem de materiais, esta para os professores de maternal e berçário. Esta dica é para fazer seus próprios brinquedos pedagógicos, usando material que você tem em casa. A sugestão aqui proposta tem o objetivo de fortalecer mãos e pulsos, explorar os níveis de habilidades motoras finas e grossas, a concentração, curiosidade de causa e efeito, entre outros benefícios. Dica daqui.
Eu amei esta dica acima, feita com latinha de leite e palitos de picolé pintados. Pra fazer basta encapara a latinha com papel. Depois corte fendas na tampa, para encaixar os palitos. Pinte os palitos com tintas coloridas. A ideia do brinquedo é que o bebê retire e empurre as fitas observando suas habilidades.
Vamos ver outras sugestões? Todas usando latinhas de leite em ninho, toddy, nesca…

"MONÓLOGO DAS MÃOS" ..... Giuseppe Ghiaroni

"Feliz aquele que transfere o que sabe, e aprende o que ensina."
de Cora Coralina

"MONÓLOGO DAS MÃOS" 

Giuseppe Ghiaroni 

Para que servem as mãos? 
 As mãos servem para pedir, prometer, chamar, conceder, ameaçar, suplicar, exigir, acariciar, recusar, interrogar, admirar, confessar, calcular, comandar, injuriar, incitar, teimar, encorajar, acusar, condenar, absolver, perdoar, desprezar, desafiar, aplaudir, reger, benzer, humilhar, reconciliar, exaltar, construir, trabalhar, escrever...... 

As mãos de Maria Antonieta, ao receber o beijo de Mirabeau, salvou o trono da França e apagou a auréola do famoso revolucionário; Múcio Cévola queimou a mão que, por engano não matou Porcena; foi com as mãos que Jesus amparou Madalena; com as mãos David agitou a funda que matou Golias; as mãos dos Césares romanos decidiam a sorte dos gladiadores vencidos na arena; Pilatos lavou as mãos para limpar a consciência; os anti-semitas marcavam a porta dos jude…

Cities After World War III

Apocalypse now: Russian artist transforms real-life photographs to show how cities might look after the end of the world 

By Suzzanah Hills
Last updated at 11:29 PM on 5th March 2012
You could be forgiven for thinking that these incredible images are simply scene grabs from a computer game or film depicting some imaginary and non-existent world.
But these pictures are actually photographs of modern-day cities around the globe that have been manipulated by Russian artist Vladimir Manyuhin.
Manyuhin starts with original snapshots and then adds digital decay and overgrowth to depict what well-known places on earth would look like after an apocalypse. This image from Russian artist Vladimir Manyuhin's Life after the Apocalypse is reminiscent of scenes from the 2007 film I am Legend By night: The same scene of a deserted city - minus some lions - with the sun slowly setting in the background Underground: Manyuhin has transformed a picture of a tube line in to a scene of destructio…