Pular para o conteúdo principal

Alguém já te desejou uma cachoeira cheia de peixes?

 
 

 
 
 
 
 
Pois é, ouvi uma menino de cinco anos desejar isso à sua professora, no caso, a minha filha.


Fiquei tão tocada pela singeleza e pela grandiosidade do desejo que fiquei pensando há quanto tempo
não desejo ou recebo algo tão absurdamente valioso.

Então, como ando em carne viva, com a alma transbordando e o coração rodopiando feito um dervixe queria fazer desejos loucos, infantis, panteístas e non sense para meus amigos, minhas filhas, minha irmã, minha mãe e para quem me lê: todos essenciais, sem ordem de grandeza, como o sol e os grãos de areia...

Aí vai minha "lista de desejos":

Para começar, eu também te desejo uma cachoeira de peixes!
Uma mata cheia de bichos onde as samambaias e árvores abriguem borboletas e orquídeas raras.
Desejo uma trilha sonora para os seus momentos felizes ou tristes, não importa, que como nos filmes,
haja música tocando na sua vida, uma música só sua.

Desejo bandos de beija-flor e periquitos no meio do engarrafamento, no metrô, nas salas de espera.
Eu te desejo uma vista dos Himalaias ou de uma planície africana ou da baía de Guanabara bem em frente à sua janela,
nas paredes da sua casa, dentro das suas gavetas, bem atrás das suas pálpebras..
Desejo que você tenha uma caixinha para guardar cheiros, sons, vozes amadas.

Eu te desejo o fundo do mar, um anel de Saturno, um chapéu de nuvens.
Eu te desejo colo de mãe, abraço de pai, proteção de anjo da guarda.
Eu te desejo silêncio de pôr do sol e segredos feitos de espuma;
que você adormeça sorrindo como fazem os meninos e acorde mais forte, animada por sonhos e visitas de fadas.

Ah! Eu te desejo absurdos e bobagens: estradas no céu, chuva de luz, quietude de deserto;
que seu computador te ofereça flores e seu GPS seja o arco íris.
Eu te desejo uma amigo portátil, de bolso, que reúna um pouco de cada amigo e nunca te deixe só.
Eu te desejo grandes idéias nas noites de insônia.
Que você passeie dentro de um quadro do Monet e seja beijada sob um céu estrelado de Van Gogh.
Te desejo 24hs de aurora boreal e um cachorro que converse com você.
Que você acorde compositora e escreva uma canção.

Te desejo conversas impossíveis com seus ídolos, seus personagens favoritos e seus mortos queridos e com eles você ria,
faça declarações de amor, faça pazes, troque idéias, ouça revelações inéditas.
Te desejo uma sinfonia amazônica e a liberdade de um curumim, de brincar com os botos e imitar
todos os pássaros da floresta.


Te desejo um amor à primeira vista, desses que deixam a perna bamba e o peito sem ar,
desses que têm final feliz, lacrimoso.
Te desejo um pas  de deux com o Baryshnikov ao som de Sinatra, num vestido Valentino e depois...
uma banheira de champagne!

Neste ponto da minha escrita, chega a minha filha e eu comento que estou escrevendo um texto inspirado na frase do seu aluno, pois nunca ouvi nada tão lindo quanto alguém desejar a outro alguém uma cachoeira cheia de peixes!
Ela me olha intrigada e fala:

- Mãe, ele me desejou uma cachoeira de beijos!!!

Por um instante perdi a graça, quase apago o texto.
Depois rindo das trapaças da minha audição e ciente da minha sede de encantamento, pensei:
Que bom que eu ouvi errado!
É tão mais bonita uma cachoeira de peixes...

Então, aqui vai mais um desejo: que a sua audição, sua visão, seus sentidos todos armem ciladas com poesia, mágica e maravilhamentos pois eles estão onde menos esperamos, até nos nossos enganos!
 
 
Hilda Lucas
 
Prestigie o Escritor...                                            Respeite os direitos Autorais...
 
Ao encaminhar, não retire este rodapé e nem modifique o meu trabalho.
Respeite meus creditos!
When forward, do not remove or modify this footer and my work.
Please respect my credits!
 
 
Personal Use Only - Not For Profit!
Uso Pessoal - Sem fins lucrativos!
I do not authorize to change my job.
Não autorizo que modifique o meu trabalho.
 
NÃO É PERMITIDO : Renomear, modificar ou converter meus Stats em Tags.
É proibido modificar minhas criações e retirar meus créditos.
NOT ALLOWED: Rename, edit or convert my Stats Tags.
It is forbidden to modify my creations and remove my credits.
 

Postagens mais visitadas deste blog

Brinquedos pedagógicos reciclados para maternal e berçário

Link direto:
http://www.pragentemiuda.org/2015/07/brinquedos-pedagogicos-reciclados-para-bercario.html
Brinquedos pedagógicos reciclados para berçárioVou postar mais algumas dicas para trabalhar com reciclagem de materiais, esta para os professores de maternal e berçário. Esta dica é para fazer seus próprios brinquedos pedagógicos, usando material que você tem em casa. A sugestão aqui proposta tem o objetivo de fortalecer mãos e pulsos, explorar os níveis de habilidades motoras finas e grossas, a concentração, curiosidade de causa e efeito, entre outros benefícios. Dica daqui.
Eu amei esta dica acima, feita com latinha de leite e palitos de picolé pintados. Pra fazer basta encapara a latinha com papel. Depois corte fendas na tampa, para encaixar os palitos. Pinte os palitos com tintas coloridas. A ideia do brinquedo é que o bebê retire e empurre as fitas observando suas habilidades.
Vamos ver outras sugestões? Todas usando latinhas de leite em ninho, toddy, nesca…

"MONÓLOGO DAS MÃOS" ..... Giuseppe Ghiaroni

"Feliz aquele que transfere o que sabe, e aprende o que ensina."
de Cora Coralina

"MONÓLOGO DAS MÃOS" 

Giuseppe Ghiaroni 

Para que servem as mãos? 
 As mãos servem para pedir, prometer, chamar, conceder, ameaçar, suplicar, exigir, acariciar, recusar, interrogar, admirar, confessar, calcular, comandar, injuriar, incitar, teimar, encorajar, acusar, condenar, absolver, perdoar, desprezar, desafiar, aplaudir, reger, benzer, humilhar, reconciliar, exaltar, construir, trabalhar, escrever...... 

As mãos de Maria Antonieta, ao receber o beijo de Mirabeau, salvou o trono da França e apagou a auréola do famoso revolucionário; Múcio Cévola queimou a mão que, por engano não matou Porcena; foi com as mãos que Jesus amparou Madalena; com as mãos David agitou a funda que matou Golias; as mãos dos Césares romanos decidiam a sorte dos gladiadores vencidos na arena; Pilatos lavou as mãos para limpar a consciência; os anti-semitas marcavam a porta dos jude…

Cities After World War III

Apocalypse now: Russian artist transforms real-life photographs to show how cities might look after the end of the world 

By Suzzanah Hills
Last updated at 11:29 PM on 5th March 2012
You could be forgiven for thinking that these incredible images are simply scene grabs from a computer game or film depicting some imaginary and non-existent world.
But these pictures are actually photographs of modern-day cities around the globe that have been manipulated by Russian artist Vladimir Manyuhin.
Manyuhin starts with original snapshots and then adds digital decay and overgrowth to depict what well-known places on earth would look like after an apocalypse. This image from Russian artist Vladimir Manyuhin's Life after the Apocalypse is reminiscent of scenes from the 2007 film I am Legend By night: The same scene of a deserted city - minus some lions - with the sun slowly setting in the background Underground: Manyuhin has transformed a picture of a tube line in to a scene of destructio…