Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2018

“Quem se incomoda com as críticas, reconhece que as mereceu”

“Quem se incomoda com as críticas, reconhece que as mereceu” (Cornélio Tácito, senador e historiador romano, 55-115).

Os que são incapazes de realizar apenas criticam. Existem mais opiniões diversas do que águas em oceanos. Quem acolhe as críticas acaba se encharcando com o que dizem, perde a capacidade de flutuar sobre as águas e acaba afundando em lamentações. Quem as ouve e filtra o que for construtivo para sua edificação, age com um material impermeável capaz de flutuar sobre as águas da inveja e intolerância. Se até Jesus que passou a vida ensinando a verdade, fazendo o bem, acolhendo os mais fracos e amando a todos foi vítima de críticas e calúnias, imaginemos nós que somos fracos, mas estamos tentando acertar. No oceano da vida em vez de se abalar com as críticas, pegue a “prancha” do “otimismo” e “surf” sobre elas. 

Jose Irineu Neneve

Um espinho de experiência vale.....

“Um espinho de experiência vale mais do que uma floresta de advertências” (James Russell Lowell, poeta, crítico literário e escritor americano, 1819-1891).

Fazer bem feito é uma decisão pessoal de melhoria constante. A experiência é “filha” da observação com aquilo que nos chama a atenção e nos faz buscar mais conhecimento. A “mãe” da experiência é a constância no tempo. À medida que faz e repete aquilo que fez, mais o “saber” vai se revelando. Por mais que se tente criar parâmetros em uma ação, só a experiência vai fixar conhecimento nela. Assim, um velho barqueiro, por exemplo, que navega todos os dias nas mesmas águas, já está empregando de conhecimento a ponto de que praticamente ele “conversa” com as águas. Sua experiência o tornou “mestre” destas águas. O mesmo vale para qualquer área do conhecimento. Por mais preciso que sejam os manuais de “advertências” eles jamais vão substituir o tempo da experiência. Procure sempre fazer bem feito e aprenda com o resultado, pois é neste es…