Grato



 

Grato

Acordei e notei que o oxigênio esteve todo o tempo me energizando
O sol lá fora brilhava com todo o seu fulgor e emanava calor, energia e luz
Durante a noite tive um teto para me proteger enquanto a lua e as estrelas inspiravam os sonhos de muitas pessoas, ademais tive um aconchegante leito onde recostei e descansei o corpo
As plantas continuavam crescendo para prover-me o necessário alimento
O corpo, com sua fantástica arquitetura e milimétricas engrenagens, trabalhou numa mágica sincronia
As vertentes seguiam brotando o néctar da água para que minha sede seja saciada
Os pássaros despertaram-me com uma orquestra memorável
Apenas acordei, e já recebi tantos maravilhosos presentes!!!
Que fantástica é a manifestação que nos brinda regalos a todo o momento, independentemente de nossos desejos, necessidades ou consciência dos mesmos.
Que toda a caridade que nos é presenteada seja inteligentemente e sustentavelmente utilizada!
Que todas as almas e cada coração conscientes dessas benesses, façam sua parte para agradecer, multiplicar e compartilhar as maravilhas que a vida mimoseia a cada um e a todos! (Tadany – 30 04 08)


PS: Para citar este Poema:
Cargnin dos Santos, Tadany. Grato . www.tadany.org ®


Postagens mais visitadas deste blog

Brinquedos pedagógicos reciclados para maternal e berçário

"MONÓLOGO DAS MÃOS" ..... Giuseppe Ghiaroni

Cities After World War III